CVD Vale | Inovação, Tecnologia e Soluções em Diamante
EN | PT
Notícia


VER TODAS
O que falta às micro e pequenas empresas?

No Brasil, mesmo as empresas inovativas e de alta tecnologia sofrem com questões que são comuns a todas as micro e pequenas, como crédito e financiamento à produção. Em entrevista ao programa de TV A Hora e a Vez da Pequena Empresa, o pesquisador sênior do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais ), Vladimir Jesus Trava Airoldi, que também é sócio fundador de pequena empresa de inovação, falou sobre as dificuldades que enfrenta para poder crescer e conquistar o mercado.

 

“Nós somos especializados em pesquisa e desenvolvimento de materiais e metalurgia, com ênfase em diamante produzido sinteticamente. Além de ser o mais duro da natureza, esse material também é bactericida, com coeficiente de atrito muito baixo e que evita a coagulação sanguínea. Então, são inúmeras as suas aplicações”, afirma ele. Com pós-doutorado no Jet Propulsion Laboratory, da Nasa (Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço), nos Estados Unidos, o cientista fala sobre o primeiro produto de sua firma, que representa um marco em inovação tecnológica. “Desenvolvemos broca odontológica revestida de diamante, cuja vida útil é 30 vezes superior às convencionais. Então, acopladas a aparelhos de ultrassom, podem ser empregadas em qualquer tipo de especialidade odontológica, realizando tratamento quase indolor, com menos anestesia e, o melhor, sem o barulho da alta rotação”, explica.

 

Embora tenha recebido apoio das principais agências financiadoras de pesquisa e desenvolvimento tecnológico do País, como a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), inclusive ganhando diversos prêmios, Airoldi afirma que a empresa ainda sofre com a falta de investimentos para a área de industrialização. “As agências promovem o desenvolvimento dentro da sua empresa até a fase de viabilidade econômica e, daí, temos que levar o produto ao mercado. É justamente nessa fase que os programas de fomento são um pouco deficientes. As empresas precisam desse tipo de investimento, para que um produto altamente inovador possa chegar mais rápido à sociedade”, argumenta.

 

 

Publicado em quarta-feira, 1 de junho de 2016 às 07:23 

Newsletter
Todos os direitos reservados - CVDVale © 2016